Palavras soltas...

(...) "Tenho aprendido muitas coisas nos últimos tempos. Uma delas é que jamais podemos deixar para amanhã um gesto de carinho, um sorriso verdadeiro, uma declaração de amor."

Confira a crônica completa clicando aqui.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

No banco da praça...

Acredito que irá chegar o dia em que me entenderei. Acredito – e torço – que chegará o dia em que os homens perceberão que as guerras não resultam em outra coisa senão tristeza e ódio e mais tristeza e mais ódio e assim por diante. Acredito que enquanto houver amizade verdadeira o mundo ainda tem jeito. Acredito que o Flamengo vai sair dessa situação ridícula dentro do campeonato. Acredito que os processos eleitorais aqui não Brasil ainda serão justos um dia. Acredito que quem acredita em Deus um dia vai parar e perceber que só acreditar Nele não adianta nada. Acredito que vou conquistar o coração daquela pessoa especial. Acredito que ela ainda vai me deixar – pelo menos tentar – conquistá-la. Acredito que o tráfico de drogas, as drogas, ainda serão aniquilados. Acredito em mim. Acredito que de todas as coisas boas que existem, as melhores são aquelas as quais se pode dividir com alguém. Acredito que a corrupção será colocada para fora do país, assim como colocamos pragas para fora dos nossos jardins. Acredito que meu filho ainda vai ajudar muita gente. Ele é bom. Acredito que um dia os governantes vão perceber o verdadeiro valor da educação e, assim, a valorizarão. Acredito que os cinco minutos gastos até agora escrevendo esse devaneio não me farão falta. Acredito que de vez em quando é preciso tirar cinco minutos do nosso precioso tempo e gastá-los com coisas "bobas", mas que nos fazem bem. Acredito que quem ama alguém em segredo deveria se declarar. Acredito que todos os segredos um dia serão revelados. Acredito que um dia hão de criar um remédio que cure todas as dores. Acredito nos sonhadores. Acredito que exista vida em outros planetas. Acredito que um dia um homem ainda vai até a lua, pois, pra mim, ainda não foi. Acredito que existem coisas muito mais importantes do que gastar milhões com uma viagem à lua. Às vezes, vivo no mundo da lua. Acredito que um dia algumas pessoas deixarão de acreditar que o destino é responsável por tudo; os responsáveis somos nós, afinal. Acredito em você. Não me decepcione. Acredito em mais um monte de coisas e espero um dia compartilhar com você, mas agora vou trabalhar.

5 comentários:

Amanda disse...

Lindo!
Acredito em quase tudo que vc !
Acredito em voce tbm, Paulo

Beijo!!!!!!!

Luciene disse...

"Quem me dera
Ao menos uma vez
Acreditar por um instante
Em tudo que existe
E acreditar
Que o mundo é perfeito
Que todas as pessoas
São felizes..."

Renato Russo

Paulo disse...

Curto demais essa música ai!
Índios!

"Quem me dera
Ao menos uma vez
Explicar o que ninguém
Consegue entender"

Aline disse...

Isso tudo num banco de praça!?

Acredito que o mundo precisa de mais homens como você!

Flávia disse...

acredito que você é foda ! HAUHAUHAUHUAHAUHUHUAHUAH amei amei como smp