Palavras soltas...

(...) "Tenho aprendido muitas coisas nos últimos tempos. Uma delas é que jamais podemos deixar para amanhã um gesto de carinho, um sorriso verdadeiro, uma declaração de amor."

Confira a crônica completa clicando aqui.

sábado, 30 de janeiro de 2010

Momentos eternos


“É como se o momento fosse eterno...
E a eternidade fosse aquele momento!”.



Ouvi esta frase um dia desses e fiquei me perguntando a que momento eterno a pessoa poderia estar se referindo.
Mas, a bem da verdade, existe uma mancheia de momentos que podem ser ditos eternos...
O momento do nascimento de um filho.
O momento em que seu filho diz a primeira palavra. No caso do meu herdeiro, sem querer me gabar, mas já me gabando... foi “papai”.
O abraço de um filho! De um pai! Da mãe! O abraço de alguém que te ame! Um abraço...
Talvez, o momento da formatura, depois de anos ralando na faculdade.
Ou seria ainda o momento em que depois de procurar minuciosamente, você encontra o seu nome da lista dos aprovados de um vestibular ou de uma seleção para emprego ou concurso público.
O momento em que se consegue passar no exame para tirar a carteira de habilitação.
Quem sabe o momento eterno e inesquecível tenha sido aquele em que a pessoa pediu demissão do emprego. Ora, dependendo do trampo, deve ser legal pedir demissão e poder dizer que não precisa mais trabalhar ali.
O momento do gol. O gol do título. O gol do título em cima do maior rival. O gol do título em cima do maior rival no último minuto de jogo... o gol!
Nossa!
O primeiro beijo. A primeira transa. A primeira transa com alguém que você realmente ama.
Ah, olha só: o momento em que o cara se descobre apaixonado. Melhor ainda: o momento em que se descobre que está apaixonado e que a recíproca é verdadeira! Fantástico.
O momento simples, mas eterno em que alguém que você goste muito está ao seu lado. Simples, né? Mas, quem disse que ser feliz é complicado?
A morte, uma partida, um fora, o fim de um relacionamento, uma traição, uma decepção com um amigo... tudo isso também pode ser apenas um momento ou durar para sempre dentro de nós. Nesta hora é preciso decidir se vamos passar a eternidade sofrendo pelo que passou ou sonhando e acreditando no que estar por vir.
É isso.

2 comentários:

Anônimo disse...

Cara, vc manda mto bem!
Seus textos são leves e envolventes!
Já pensou em escrever um livro??!!
Parabéns, fiquei sua fã!

Luciana Galhardo

maria fernanda disse...

Momentos, são tão intensos e envolventes que até parecem que serão eternos, mas são só momentos!
Mas para fazer virar eterno, precisamos sempre viver os momentos, quem sabe eles se tornam eternos?!
Viva sempre! Não importa que foram momentos e que você sofreu, o importante é o que você viveu

Abraços